Destaque Educação
Publicado em 04/04/2017 às 9:14 - Autor:

Reinaldo inaugura escola integral e anuncia R$ 7,8 mi em obras em Dourados

58e25a8392af0df05a83177fdb2eda1c3b6e8f620e024_alunos

O governador Reinaldo Azambuja e a prefeita Délia Razuk inauguraram oficialmente a Escola Rita Angelina, de período integral, em Dourados. A solenidade, esta manhã, contou com participação de autoridades, educadores e estudantes que gritavam: “Bolacha, nunca mais”, em alusão à merenda escolar.

Durante o discursos, o governador falou do sucesso desta modalidade autoral de ensino que faz do estudante o protagonista do aprendizado, que pode optar por disciplinas mais adequadas à vocação e aptidão. Segundo lembra Reinaldo, a modalidade implementada na Escola Rita Angelina, em Dourados, é sucesso em outras regiões onde as notas dos estudantes comprovam a eficácia do ensino-aprendizado neste formato, que cria as condições ideais à inclusão do jovem no mercado de trabalho futuro. Conforme o governador, serão 40 escolas integrais para este ano e o número será ampliado

Reinaldo, que veio anunciar R$ 7,8 milhões em investimentos para Dourados, com a entrega das escolas Rita Angelina e a Joaquim Vaz de Oliveira, em Indápolis, disse que as novas estruturas vão beneficiar os estudantes da região com cerca de 1 mil novas vagas na educação pública.

“A proposta de ensino integral está sendo estruturada de modo a dar mais qualidade para o ensino público do Estado. Esse modelo recebeu o nome de Escola da Autoria porque o objetivo é estimular o protagonismo juvenil em uma educação pautada no jovem e seu projeto de vida. Nossas equipes caminham para a construção de um projeto coletivo, compartilhado por crianças, jovens, famílias, educadores, gestores e comunidades locais, cumprindo um compromisso firmado pela nossa gestão de dar prioridade para a educação”, diz o governador.

Reinaldo também falou da pactuação do Governo do Estado com o município de Dourados, “que sucedem aos mandatos” com obras de infraestrutura e saúde com a licitação nos próximos dias do Hospital Regional e do Hospital São Luiz, para recuperar a demanda reprimida de cirurgias eletivas para Dourados e região.

O governador também falou sobre o projeto de saneamento básico para os próximos 50 anos, para Dourados. O tema será tratado com a Câmara e Prefeitura, e inclui a perfuração de novos poços e novas redes de abastecimento de água para o município.

Escola integral
A Escola Estadual Rita Angelina Barbosa Silveira, localizada na Vila Roma, em Dourados, oferece ensino integral para estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. As aulas já começaram dia 20 de fevereiro. Trata-se da única escola estadual em Dourados com o modelo de ensino integral.

Com a proposta de combater à evasão e repetência, a Secretaria Estadual está investindo gradativamente no ensino integral, possibilitando que a cada ano mais escolas possam aderir ao modelo. A escola Rita Angelina em Dourados e as demais de tempo integral, em Campo Grande, Corumbá, Maracaju e Naviraí, recebem esta semana membros do Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), de Recife (PE), pioneiro em ensino integral no país e considerado uma referência. A ação faz parte da acolhida e apresentação do programa “Escola da Autoria”, desenvolvido nas unidades com foco no protagonismo juvenil.

Nos últimos dez anos, Pernambuco reduziu os índices de evasão escolar e hoje é o líder do ranking nacional, com apenas 3,5% de desistências, contra 26% em MS. Amokashi Damasio é de Recife e um dos palestrantes do encontro. Ele concluiu o Ensino Médio em 2013, hoje cursa faculdade de Engenharia de Materiais na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e garante que o modelo de ensino é melhor para os jovens. “É um método voltado para as potencialidades e diferenças dos alunos. Torna-se prazeroso o ensino”, resume. Ao todo, 68 jovens de Pernambuco estão em Mato Grosso do Sul para trocar experiências com os estudantes do Ensino Médio.

Na escola de tempo integral as aulas começam às 7h30 e vão até às 17h. Nesse período os alunos recebem lanches e almoço. A diretora da escola Rita Angelina, Selma das Graças Lima, explica que serão mantidas as disciplinas do currículo regular e entrarão novas matérias a serem definidas após o início das aulas, juntamente com os estudantes. Não há sala fixa, o aluno é quem muda de sala de aula. Serão criadas salas temáticas para as disciplinas. “As complementares que ainda serão criadas em MS são conhecidas em Pernambuco como “clube”. Lá, dependendo da escola, há clubes de xadrez, robótica, leitura, debate, dança, música, entre outras.

Serviço
A Escola Estadual Rita Angelina fica na rua Projetada, s/n, na Vila Roma. Telefone: (67) 3426-3098.

Douradosagora
Foto – Flávio Verão

Comentários