Destaque Saúde
Publicado em 27/03/2017 às 9:56 - Autor:

Reinaldo Azambuja autoriza início imediato das obras do HR de Três Lagoas

hospital-TL_maquete-1

Aguardado há anos pelos três-lagoenses e moradores da região do Bolsão, o Hospital Regional de Três Lagoas começa a se tornar realidade nesta quarta-feira (29), data em que o governador Reinaldo Azambuja assinará a ordem de serviço para início imediato das obras do complexo de atendimento médico do Governo do Estado. A cerimônia de assinatura será realizada em Três Lagoas, em local e horário ainda a ser divulgado.

A obra foi inicialmente orçada em R$ 68,4 milhões, mas contratada por R$ 56,4 milhões. A empresa selecionada por meio de licitação tem prazo de dois anos para concluir o prédio, que será instalado em uma área de mais de 26 mil m² no Distrito Industrial (rodovia BR-158), doada pelo empresário Magid Thomé Filho à Prefeitura de Três Lagoas. Ao todo, serão 19,4 mil m² de área construída com 138 leitos distribuídos em três pavimentos.

As 138 acomodações hospitalares serão divididas 6 de pré-parto, parto e pós-parto; 3 de indução e recuperação de pacientes; 5 de observação pediátrica; 22 de observação de paciente; 2 de observação psiquiátrica; 10 de UTI cirúrgica; 10 de UTI clínica; 48 enfermarias; 4 de internação de isolamento; 8 semicrítico; 12 de preparo e recuperação pós-anestésica e 8 de observação e recuperação do paciente.

“O hospital representa um avanço à saúde de Três Lagoas e toda a região. Vai atender à demanda do município e da população do Bolsão, que tem a nossa cidade como referência no atendimento à saúde. Vai ampliar a quantidade de leitos, médicos e vai auxiliar na formação dos alunos de medicina da UFMS. É a realização de um sonho e uma grande conquista para a cidade”, destacou o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro.

Obra inacabada zero
O Hospital Regional de Três Lagoas, que será referência em saúde para a Costa Leste e em ensino para alunos do curso de medicina da UFMS, integra o conjunto de mais de 200 obras não concluídas pelo governo anterior. A construção da unidade deveria ter sido iniciada em 2014, mas a empresa contratada na época desistiu do empreendimento.

Após assumir o comando do Governo de Mato Grosso do Sul em 2015, a gestão de Reinaldo Azambuja avaliou o projeto original do HR de Três Lagoas e constatou incorreções. O projeto foi readequado para novo processo de licitação, vencido pela empresa Sial Engenharia, de Curitiba (PR). O contrato para construção foi assinado com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) no último dia 10 e a autorização para a obra será dada nesta quarta-feira.

Mais investimentos em Três Lagoas
Governador Reinaldo e prefeito Ângelo Guerreiro em agenda em Três Lagoas
Atualmente, o Governo do Estado investe R$ 80 milhões em Três Lagoas. São R$ 56,4 milhões na construção do Hospital Regional; R$ 614,2 mil na recuperação do prédio da Unei; R$ 2,5 milhões na pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais nos bairros Jardim Campo Novo, Carandá, Santa Lúcia, Acácia e Vila Verde; R$ 1,4 milhão na recuperação funcional do asfalto da Avenida Capitão Olinto Mancini; e mais de R$ 19 milhões em obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, que ainda contam com contrapartida da União, totalizando mais de R$ 62 milhões em investimentos na área.

Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Comentários