Entretenimento
Publicado em 11/07/2017 às 8:07 - Autor:

Rally dos Sertões: Governo viabiliza evento que pode movimentar até R$ 5 milhões na economia de MS

Rally-dos-Sertões-71

Pela primeira vez na história, Mato Grosso do Sul será palco de uma das maiores competições off road do mundo: o Rally dos Sertões. A edição 2017 da disputa terá 3.344 quilômetros de percurso, partirá de Goiânia (GO) e chegará a Bonito. Para viabilizar o evento no Estado, o Governo de MS selou parceria com a empresa organizadora da disputa, a Dunas Race. Nesta segunda-feira (10.7), a vice-governadora Rose Modesto, o diretor-geral da Dunas Race, Marcos Moraes, o secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), Jaime Verruck, e o diretor-presidente da Fundtur (Fundação de Turismo do Estado), Bruno Wendling, assinaram contrato de realização do Rally. A estimativa é de que a competição movimente até R$ 5 milhões na economia estadual.

Pelo menos duas mil pessoas devem passar pelo Estado durante os dias de prova, garante Marcos Moraes. “São cerca de 250 competidores. Isso sem contar mecânicos e outros membros da equipe, e familiares dos pilotos”, contou o diretor-geral da Dunas Race.

Conforme o diretor-presidente da Fundur, esse fluxo de pessoas vai gerar economia positiva aos cofres públicos estaduais e municipais, além de colocar Mato Grosso do Sul em evidência no Brasil e no mundo. “Esperamos movimentar milhões de reais durante os dias do Rally. A organização do evento fala em R$ 50 milhões em todos os estados (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), e a gente estima que aqui em MS sejam deixados de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões”, afirmou Bruno Wendling

A unanimidade entre a organização e as autoridades estaduais é de que o movimento turístico irá crescer durante a semana de competição. Por isso, os municípios de Coxim, Aquidauana e Bonito, que são etapas do Rally dos Sertões 2017, vêm se preparando há meses para a chegada dos pilotos. “Passamos pelos três municípios, fizemos reuniões com o trade e com a população para preparar as estruturas locais para receber o Rally. Aquidauana e Coxim, por exemplo, estão com todas as reservas em hotéis esgotadas. Isso demonstra o impacto positivo na nossa economia”, acrescentou Bruno.

Para o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, além de gerar economia ao Estado, o Rally dos Sertões será ainda oportunidade de fomento ao empreendedorismo. “Estamos fazendo um trabalho muito grande para o desenvolvimento dos pequenos negócios nessas cidades que o Rally passará. O Rally traz essa marca empreendedora de maneira significativa”, garantiu Jaime Verruck.

O grande desafio da organização do Rally dos Sertões foi criar um evento que preservasse o Pantanal, contou Marcos Moraes . “E fomos muito felizes em cima disso, pois conseguimos fazer um roteiro que não vai entrar no bioma e que, mesmo assim, será bem técnico e difícil, com navegação incrível”, pontuou o diretor-geral da Dunas Race em ato solene na Fundtur.

A iniciativa foi comemorada pelo prefeito de Coxim, Aluizio São José. “É louvável a iniciativa do Governo do Estado em romper barreiras para levar para o interior esse tipo de evento. Para gente, o Pantanal é um bioma extremamente importante, que nos permite desenvolver turismo nesse meio, mas que também nos impede de uma série de outras atividades econômicas. Então, quanto mais a gente criar situações para que a exploração sustentável do Pantanal possa gerar emprego, mais a gente consegue desenvolver nossa cidade que não pode ter indústria por causa dessa questão do meio ambiente”, afirma.

Já a vice-governadora destacou o incentivo ao turismo local. “O Rally dos Sertões é investimento do Governo para fomentar o turismo, pois vai definitivamente colocar Mato Grosso do Sul na rota internacional de destinos para o ecoturismo. Este já é reconhecidamente um evento importante latino-americano e agora, com a inclusão de etapas em nosso Estado – inclusive com o encerramento da prova em Bonito – teremos projeção internacional das nossas cidades uma vez que as imagens do Rally se espalham por todo mundo”, falou.

O Rally dos Sertões chega a 25ª edição em 2017, mesmo ano em que Mato Grosso do Sul completa 40 anos de criação. A corrida será disputada por carros, motos, quadriciclos e UTVs e receberá pilotos e navegadores de todas as regiões do país, além de estrangeiros.

Confira a programação do Rally dos Sertões – 25 anos
16/08/2017
Abertura Área de Box no Autódromo Internacional de Goiânia.
17/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.
18/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.
19/08/2017
Prólogo e Largada Promocional.
20/08/2017
1ª Etapa
Goiânia (GO ) – Goianésia (GO)
Deslocamento Inicial – 240 km
Especial (trecho cronometrado) – 310 km
Deslocamento final – 152 km
Total do dia – 702 km
21/08/2017
2ª Etapa
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO)
Deslocamento Inicial – 116 km
Especial (trecho cronometrado) – 245 km
Deslocamento final – 0 km
Total do dia – 361 km
22/08/2017
3ª Etapa
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
Deslocamento Inicial – 0 km
Especial (trecho cronometrado) – 297 km
Deslocamento final – 8 km
Total do dia – 305 km
23/08/2017
4ª Etapa
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 104 km
Especial (trecho cronometrado) – 263 km
Deslocamento final – 96 km
Total do dia – 463 km
24/08/2017
5ª Etapa
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13 km
Especial (trecho cronometrado) – 430 km
Deslocamento final – 210 km
Total do dia – 653 km
25/08/2017
6ª Etapa
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 61 km
Especial (trecho cronometrado) – 194 km
Deslocamento final – 173 km
Total do dia – 428 km
26/08/2017
7ª e última etapa
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 120 km
Especial (trecho cronometrado) – 310 km
Deslocamento final – 2 km
Total do dia – 432 km
Percurso total do Rally dos Sertões – 3.344 km
Especiais (trechos cronometrados) – 2.049 km (61%)
Cerimônia de Premiação

Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)
Fotos: Chico Ribeiro.

Comentários