Entretenimento
Publicado em 07/09/2017 às 9:46 - Autor:

Moto Road 2017 terá primeiro desafio de EnduroCross no MS

blazusiak-1

A 19º edição do Motor Road 2017 está recheada de atrações e novidades. Este ano, a programação do eventos traz o primeiro desafio de Endurocross Indoor de Mato Grosso do Sul. Pela primeira vez em Campo Grande, será montada uma arena com toda a estrutura para o “Desafio EnduroCross”. Com organização do experiente piloto de Enduro, Paulo Josué da Silva, o desafio acontece nos dias 7, 8 e 9 de setembro, durante o evento.
Paulo explica que o EnduroCross é uma modalidade nova no Brasil e vem crescendo entre os pilotos que buscam aventura e desafios. “O EnduroCross é uma mistura das provas de motocross e enduro, com uma pista menor e mais lenta que a do motocross, mas com os obstáculos artificiais, como pneus, pedras e madeiras, características do enduro”, diz.
Segundo ele, o EnduroCross não é uma modalidade para iniciantes, é mais indicado para quem já tem experiência, equipamentos e motos mais resistentes. “A estrutura irá contar com iluminação, área coberta para os pilotos, arquibancadas e cercado, oferecendo segurança e toda a preparação necessária de uma pista de EnduroCross”, ressalta.
Para o Desafio, serão permitidos inscritos a partir dos 18 anos e, por ser uma prova muito desgastante, será realizada uma qualificatória. “É preciso fazer um tempo mínimo para não atrapalhar a continuidade do circuito, e depois haverão as eliminatórias. Maiores de 50 anos deverão apresentar exame médico de capacidade”, afirma o organizador.

Como funciona o desafio
O estilo é novidade no Brasil e é uma união das modalidades Enduro e motocross e, para quem não conhece, o organizador do desafio, o piloto de Enduro, Paulo Josué da Silva, explica mais sobre esse espetáculo do Off Road.
“A pista do Enduro Cross é um misto de áreas de velocidade com obstáculos. Mas, a velocidade é menor que no motocross. O trajeto fica mais lento, para ter mais segurança”, relata.
Segundo o organizador, a pista do desafio é mista, e suporta cerca de seis pilotos de cada vez, sendo que cada bateria dura também seis minutos e cada piloto larga com um minuto de diferença. “O tempo é de seis minutos mais uma volta, quando acabar o tempo, avisamos e quem está na frente tem direito a finalizar a volta”, esclarece.

Os circuitos de enduro, originalmente, são como os rallys, com percursos de cerca de 100km e duram em média cinco horas, em meio à natureza. “Os pilotos recebem um mapa e as informações no computador de bordo. Cada piloto carrega na sua mochila um chip, chamado transponder, rastreado por GPS”, conta Paulo.
O desafio é ser “regular”, ou seja, perder menos pontos, seguindo a regularidade do circuito e batendo as marcações nos pontos e horários corretos durante o percurso. Os obstáculos são de baixo, médio e alto níveis de dificuldade e são, na maioria, naturais, como pedras e matas fechadas, além de morros e montanhas.

“O GPS faz um mapa individual de cada um, e através da pontuação sabemos quem vence. Ganha o mais regular, por isso o desafio se chama Enduro de Regularidade”, finaliza o organizador. Para mais informações sobre o Endurocross, acesse: http://msoffroad.com.br/endurocross-2017/

Shows com V8 e Plebheus
No segundo dia do Moto Road (7), a Plebheus sobe no palco principal do Moto Road para tocar muito rock no Parque Laucídio Coelho. A Plebheus esbanja energia no palco, com repertório variado, com canções de pop rock nacional e também algumas composições próprias. A Versatilidade é a marca registrada dessa turma.
Com influencias de bandas como U2 e Coldplay, a Banda V8 é formada pelos músicos Dom (bateria), Guilherme Carllucci (guitarra), Juliano Gordão (contrabaixo), John Rodrigues (vocalista) e Murillo Fernandes, a V8 faz um rock cheio de energia, desde 2016.
“É um privilégio e uma honra ter sido escolhido para tocar nesse evento, e o que a galera pode esperar de nós é um repertório com muitas músicas internacionais e nacionais, que não vão deixar ninguém parado, do início ao fim. Vamos contagiar a galera com muito rock, aliado a energia positiva da Banda V8”, afirma John.

Midiamax.com
Foto: Divulgação

Comentários