Educação
Publicado em 28/08/2017 às 15:33 - Autor:

II Seminário em Educação, Gênero, Raça e Etnia começa nesta segunda-feira

uems-1038x576

Nesta segunda-feira (28.8), a partir das 19h, no Teatro Municipal de Dourados, têm início dois grandes eventos promovidos pelo Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Gênero, Raça e Etnia (Cepegre), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems): o II Seminário Sul-mato-grossense Educação, Gênero, Raça e Etnia que terá como tema os “Atuais desafios da Educação: Outros Sujeitos? Outros Currículos?” e a VI Semana de Pedagogia da Uems de Dourados. Os eventos se estendem até o dia 31 de agosto.

A conferência de abertura ocorrerá no local e horário supracitados e será proferida por Miguel Arroyo, sociólogo, educador e professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Arroyo acompanha propostas educativas em várias redes estaduais e municipais do país. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional e Administração de Sistemas Educacionais, atua principalmente nos seguintes temas: educação, cultura escolar, gestão escolar, educação básica e currículo. Tem diversas obras publicadas, das quais a mais recente “Currículo, Território em Disputa”.

O II Seminário Sul-mato-grossense Educação, Gênero, Raça e Etnia e VI Semana de Pedagogia da Uems de Dourados terá diversas atividades entre palestras, oficinas, e mesa redonda e apresentação de grupos de Trabalhos. De acordo com a coordenadora do Cepegre/Uems, professora Drª Maria José Alves de Jesus Cordeiro, o evento ganha relevância em tempos onde se verifica o crescimento de intolerâncias contra a diversidade na sociedade.

“As temáticas debatidas nestes eventos envolvem diversidade, currículo e saberes. Essas questões estão postas a todo o momento, em reformulações de cursos em universidades, na elaboração de planos pedagógicos em escolas de ensino fundamental e médio, nas diretrizes da educação, de um modo mais amplo”, explica Maju.

Para a coordenadora do Cepegre/Uems, estes eventos ocorrem num momento em que determinadas instituições e agentes políticos encampam iniciativas com o objetivo de retirar os processos de inclusão de pauta, fazendo-os retroceder. “Assim, as conquistas obtidas nos últimos anos ficam comprometidas. A educação é o maior fator de transformação social de um país, portanto, a resistência ao cenário conservador e retrógrado deve ser temática e objeto de reflexão constante”, finaliza Maju.

O evento é organizado pelo Cepegre/Uems.
Para inscrições, acesse o endereço eletrônico. Em caso de dúvidas, entrar em contato com a comissão organizadora pelo e-mail cepegre@gmail.com ou pelo telefone (67) 3902-2641.

Confira a programação.
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)
Foto: Chico Ribeiro

Comentários